Wiki MLP Oc's Wikia
Advertisement
Bestia Fukutsu
{{#if: Mlp base bored of your bullshit by chaostrical-dalza3w (1).png |
[[ Ficheiro:250px ]]
Imagem feminino.png
Feminino
Residência Oriente de Equestria (anteriormente)

Capital de Star Empire

Ocupações Agente da ASSE

Assassina (anteriormente)

Ladra (anteriormente)

Idade 47 anos
Sexualidade Bissexual
Família
Cônjuge Dragco Ignis (atual marido)

Karie Silentium † (ex-esposa)

Filhos Album Fukutso † (filho)

Corvus Fukutso (filha)

Relentless Ignis (enteado)

Pais Kira Fukutsu † (pai)

Mayumi Fukutsu † (mãe)

Irmãos Diligitis Fukutsu (irmã)

Personalidade

Pode parecer fria á primeira impressão, mas é bastante carinhosa quando se trata de sua família talvez sua irmã seja um excessão e amigos próximos. É bastante persistente, ciumenta, obsessiva e teimosa.

História

Bestia era uma potra feliz que vivia na região oriental de Equestria com seus pais e sua irmã mais velha, Diligitis , que sofria de esquizofrenia.

Bestia tinha apenas cinco anos quando, durante um surto de esquizofrenia, sua irmã assascinou brutalmente seus pais, usando a katana de sua mãe, uma relíquia de família. Por causa disso, Dili foi internada em um hospital psiquiátrico, e Bestia foi levada a um orfanato. Ela cresceu ouvindo que sua irmã era maluca, e uma assassina. Por causa disso, acabou nunca perdoando sua irmã por causa disso, e odiando ela por isso.

Depois de completar 18 anos, Bestia saiu do orfanato onde vivia e recebendo a herança de sua família, entre elas, a katana que sua irmã usou para matar seus pais (e uma wakisashi também). Com o dinheiro, ela se mudou para a capital de Star Empire, onde cometia pequenos furtos usando as espadas como principais armas. A ASSE acabou a vendo como uma agente em potencial, e a convidou para se tornar uma agente, aos 20 anos. Ela recusou o convite na época. Ao invéz disso, acabou aceitando o convite de uma sociedade secreta de assassinos chamada Silentia. Já dentro da Silentia, ela se apaixonou pela filha mais nova deSubita Silentium (o fundador ancestral),Karie Silentium , uma paixão perfeitamente correspondida. Ela foi membra da sociedade durante 8 anos, ainda usando as espadas de sua mãe como principal arma.

Aos 26 anos, ela se casou com Karie, e tudo estava indo muito bem, até que uma sociedade inimiga resolveu atacar a "mais fraca" de todos os filhos de Subita, que no caso, seria Karie (nota: a Karie não é nada fraca. Mas continua sendo a menos forte.), que também seria esposa de Bestia. Depois da morte de Karie, Subita liberou Bestia, e ela deixou de ser uma membra.

Depois disso, Bestia estava orfã, viúva, quebrada, sem casa e depressiva. Depois de viver como moradora de rua por algumas semanas, ela teve a idéia de reconsiderar o convite da ASSE, que a acolheu de patas abertas, e, dopois de receber o tratamento que precisava para a depressão, a espadachim se tornou uma agente de campo. Seu parceiro era Dragco Ignis, um pônei meio dragão muito amigável, de sua idade, também viúvo e pai solteiro, por quem desovolveu uma forte amizade, depois uma amizade colorida, e depois finalmente resolveram assumir o namoro.

Aos 33 anos, ela e Dragco se casaram e tiveram um filho. Quando seu filho, Album, tinha dois anos, ela engravidou de novo, e teve sua filha mais nova, Corvus. Bestia se sentia a pônei mais feliz do mundo. Casada, mãe, e com um emprego ótimo. Tudo estava as mil maravilhas.

Quando ela tinha 40 anos, tudo voltou a ser tragédia. Um antigo rival amoroso que ela tinha dentro da Silentia, com quem ela disputava o coração de Karie, resolveu, simplesmente, se vingar por culpar a ela a morte de Karie. Esse tal rival, Cadunt Finis, tentou assassinar Dragco, mas o atentado contra a vida do meio-dragão não deu muito certo. Portanto, Cadunt resolveu atacar um membro mais fraco de família (se lembram disso de algum lugar? pois é.), que no caso era Album, que foi brutalmente assassinado com várias facadas, assim como Karie.

Bestia teve um enorme surto de raiva, e, por conta disso, matou Cadunt com a própria faca. Dapois disso, com o sague sobre seus cascos, Bestia finalmente se tocou do que havia feito, e ficou arrasada. E, por causa disso, sua depressão voltou e de um jeito muito pior, chegando até a tentar suicídio. E, depois, a ficar praticamente dependente de remédios controlados. Tudo isso por ter feito algo que ela, por causa dos códigos de honra da Silentia, considerava imperdoável: matar por vingança.

Por causa do vícío, ela ficou um ano em uma clínica de reabilitação, e depois disso, tentou voltar a sua vida normal. Ela foi diagnosticada com estresse pos-traumático, por ter visto seu filho morrer, e logo em seguida, matar o assassino.

Ela acabou se aposentando como agente de campo para virar investigadora dentro da ASSE. Hoje em dia, ela passa bem, por mais que tenha sobrado um pouco de trauma.

Relacionamentos

Família

Tinha um relacionamento muito bom com seus pais, mas não lembra de muita coisa, por ter perdido eles ainda muito pequena. Ela odeia sua irmã com todas suas forças. Ela tinha um relacionamento bom com seu filho, Album. Ela e Corvus brigam um pouco, mas ainda se amam acima de tudo.

Amigos

Tinha alguns amigos dentro da Silentia, porém, depois da morte de Karie ela passou a se isolar um pouco.

Interesses amorosos

Durante seus oito anos na Silentia, ela foi muito apaixonada por Karie, e depois de sua morte, ela achou que nunca iria amar novamente, tanto é que ela domorou muito para assumir o namoro com Dragco.

Curiosidades

  • Em latim, a palavra bestia significa fera, e, em japonês, fukutsu significa indomável, ou seja, seu nome significa Fera Indomável.
  • Gosta bastante de peixe.
  • Por conta de ela ser do oriente de Equestria, eu tentei fazer sua aparência mais asiática o possivel (pelagem clara, crina escura, e olhos escuros e "puxados")
  • Recentemente, ela resolveu investigar um pouco mais sobre seus pais, e evidências apontam que eles também eram parte da Silentia, mas não e nada comprovado.
  • Antes da morte de Karie, ela tinha uma crina longa, que quase sempre estava presa em trança. Depois de sua morte, ela resolveu homenagiar a ex-esposa, cortando a crina parecido com o dela.
  • Biológicamente, tem uma irmã, mas se considera filha única, pois não considera uma filha que mata os próprios pais como uma filha.
Advertisement